Junto ao Shampoo e Condicionador Tratamento pra Arrasar, a Salon Line também lançou a Máscara Tratamento Pra Abalar, e é sobre ela que eu irei falar hoje.

A promessa do fabricante é basicamente hidratar (acabar com o ressecamento) e promover um fácil desembaraço dos fios. Sendo que os componentes utilizados para dar esse resultado são o D-pantenol, óleo de rícino e a manteiga de karité.

resenha-mascara-tratamento-pra-abalar-to-de-cacho-3

A máscara tem um cheiro muito agradável e suave. Ela é vendida por cerca de 17,00 reais em uma embalagem que comporta 500g, sendo que a textura do produto é bem consistente (cai do pote com dificuldade).

O tempo de ação do produto, sugerido pelo fabricante, é de 3 a 5 mim, mas ele também orienta a deixar o produto agindo por 15 mim no cabelo, caso você queira uma hidratação mais intensa.

Eu gostei bastante da textura da máscara, apesar de sentir necessidade de passar muito produto no cabelo, pois ela é um creme que aparenta ser denso, mas na verdade é super leve. Isso não me incomodou, até porque o objetivo de uma hidratação é justamente repor água, devolvendo a umidade.

Esse é o tipo de máscara que é absorvida rapidamente pelos fios, não deixando o cabelo branco. Assim que passei no cabelo, pude sentir facilidade no desembaraço e bastante hidratação. O cabelo ficou muito macio e com movimento.

resenha-mascara-tratamento-pra-abalar-to-de-cacho-4

O fabricante diz ser uma hidratação milagrosa, mas o resultado final não me deixou maravilhada. Ela realmente hidrata bem o cabelo, só que não foi algo incrível, sabe? Talvez seja porque eu venho cuidado muito dele e não tenho notado muita necessidade de hidratação – inclusive estou usando o shampoo e condicionador Pra Arrasar, também da Salon Line, e estou amando!

Considero que a máscara tem um rendimento muito bom e um preço justo.

A Lola lançou uma versão da Máscara Morte Súbita para o verão. A ideia do produto é proteger os cabelos dos danos causados pelo sol devido aos radicais livres e raios UV.

E pra começar essa resenha, já tenho um reclamação a fazer: essa máscara não merece ser vendida em edição limitada!

Na minha opinião, ela é melhor do que a Morte Súbita.

resenha-mascara-morte-subita-verao-2-em-1-lola-4

Descrição do fabricante:

“Máscara 2 em 1 de uso diário para proteção e restauração intensiva dos cabelos expostos ao sol, protege os fios dos radicais livres e raios UV. Pode ser usada como máscara ou condicionador. Perfeita para todos os tipos de cabelo.

Esta máscara protetora fornece resultados imediatos e brilho incrível. Usada diariamente ou até mesmo semanalmente, preserva a cor e a saúde dos cabelos. A manteiga de karité e o óleo de coco presentes na formulação desembaraçam e tratam os fios sem pesar. O blend antioxidante de vitamina E, extrato de chá verde e óleo de girassol protegem os cabelos contra os radicais livres. O extrato de canela  age como um escudo contra os danos do sol.”

resenha-mascara-morte-subita-verao-2-em-1-lola-1

Como vocês viram na descrição do fabricante, a máscara tem vários componentes maravilhosos na composição.

A aparência do produto chega a ser difícil de explicar porque é muito diferente de qualquer outro. Ela lembra mingau de tapioca, tem uma certa cintilância e escorre super fácil.

Apesar da Morte Súbita Verão ser bem menos consistente do que a Morte Súbita, ela tem um rendimento muito bom, pois espalha bem é e super concentrada; basta pouco produto para aplicar em todo o cabelo.

A embalagem diz que pode ser aplicada como condicionador ou como máscara, mas eu achei o efeito dela muito bom para ser usada apenas como condicionador. Ao aplicá-la o que eu senti foi aquele velho conhecido desmaio dos fios. O cabelo ficou super fácil de desembaraçar, muitíssimo hidratado e macio. Sabe quando você passa uma máscara e o cabelo fica tão lindo que dá vontade de usá-la como creme para pentear? Foi essa a minha experiência.

Uma coisa que eu não curti muito nela foi a fragrância que lembra perfume masculino. Achei bem forte e depois do enxágue esse perfume permanece no cabelo, mas ainda bem que a maior parte dele é perdida.

Depois que enxaguei, meu cabelo estava dignamente nutrido, hidratado e com brilho e, apesar dela conter vários óleos na composição, não senti que pesou nos fios.

Como parecia estar tudo muito lindo, fiz a experiência de não passar nada no cabelo depois do enxágue. O que notei, no dia seguinte, foi que o cabelo permaneceu muito macio e hidratado. Meninas, é muito raro isso acontecer com qualquer máscara que eu uso e isso me deixou muito feliz. Pra mim, esse foi um sinal de que a máscara fez um real bom trabalho.

resenha-mascara-morte-subita-verao-2-em-1-lola-55

Composição: Aqua, Behenamidopropil Dimethilamine, Dicocodimonium Chloride (and) Isopropyl Alcohol, Isoamyl Laurate, Polyquatenium-59, Helianthus Annus (Sunflower) Seed Oil, Hydrogenated Hexyl Olive Oil Esters, Prunus Armeniaca (Apricot) Kernel Oil, Tocopherol, Calendula Officinalis Flower Extract, Rosmarimus Officinalis (Rosemary) Leaf Extract, Acacia Seyal Gum Extract, Kappaphycus Alvarezii Extract (and) Euchema Spinosum Extract (and) Cocos Nucifera Fruit Extract, Carica Papaya (Papaya) Fruit Extract, Achyroline Satureiodes Flower Extract, Squalane, Ethylhexyl Methoxycinnamate, Disodium EDTA, Lactic Acid, Citric Acid, Dehydroacetic Acid (and) Benzoic Acid (and) Benzyl Alcohol, Fragrance/Parfum, Linalool, Butylphenyl Methylpropional, Benzyl Salicylate, Hexyl Cinnamal, Limonene, Alpha-Isomethil Ionone, Citronelool.

Essa máscara está sendo vendida por cerca de R$ 60,00, o que não é barato, mas, pela qualidade e rendimento, vale cada centavo. São 450g de muito amor!

Pronta para a resenha do creme que deixou o meu cabelo absurdamente lindo?!

Meninas, eu não dava nada por esses cremes e na verdade nem queria comprá-los porque eu tenho tentado seguir o Low poo. Mesmo evitando comprar produtos proibidos, acabei não resistindo e levei pra casa esses Ativadores de Cacho da Salon Line pra fazer resenha pra vocês.

Ainda bem que eu comprei!

resenha-ativadores-de-cachos-salon-line-2

Descrição do fabricante:

Ativador de Cachos Leve (verde): Nutre e protege  seus cachos mantendo o seu movimento natural. O Pantenol, com seu alto poder antioxidante que protege os fios contra as agressões externas e retém nutrientes, junto com o óleo de amêndoas, grande aliado na hidratação profunda dos fios, proporcionando cachos definidos, leves e nutridos.

Ativador de Cachos Nutritivo (roxo): Possui o poderoso óleo de Moringa, rico em ácidos graxos e com alto poder nutritivo, e proteínas do trigo, que agem reparando e nutrindo os fios danificados. Essa poderosa combinação devolve a hidratação perdida dos fios, deixando-os nutridos, brilhantes e controlados.

Ativador de Cachos Umidificador (amarelo): Possui fórmula exclusiva com queratina e a combinação de 12 óleos nutritivos, que protegem os fios contra o ressecamento, nutrem profundamente a fibra capilar, disciplinam e controlam o frizz proporcionando brilho máximo aos cabelos. Com ativos hidratantes, reconstrói o fio e forma uma película protetora, revestindo a fibra capilar em uma barreira antiumidade durante todo o dia.

Cada um deles custou R$5,00 e vem com 100ml, mas eles também são vendidos na versão com 300ml. Todos são proibidos para Low/No poo e contém parabenos na composição.

Umidificadores de Cachos Salon Line

A imagem acima mostra os cremes do menos consistente para o mais consistente. A diferença entre o nutritivo e o umidificador é singela, mas o “leve” é realmente bem menos espesso do que os outros dois. Só que, apesar deles ser visualmente diferentes, para mim, o resultado final do cabelo é praticamente o mesmo: definição e muito brilho.

Eu estou em um caso de amor e ódio com esses ativadores de cachos. Preciso dizer que nenhum outro creme funcionou tão bem no meu cabelo, nenhum outro creme deixou ele tão definido, com balanço, brilho e volume, porém nenhum outro creme deixou ele tão oleoso. Esse é o único problema que encontrei em todos três – sabendo que meu cabelo é bem fino e talvez a oleosidade excessiva se deva a isso.

Tirando o problema da oleosidade, só tenho elogios a fazer: o day after é perfeito! E se estou com pressa e quero um cabelo bonito sem precisar me matar na fitagem; esse é o creme escolhido.

Os três têm um rendimento muito bom, só precisa passar um pouquinho em cada mecha, mas eu achei que o Umidificador é o mais concentrado de todos (e o mais grosso também). É difícil eleger o melhor, mas se eu tivesse que escolher apenas um para usar, eu ficaria com o Nutritivo porque, para mim, ele é o intermediário entre os três e eu gostei muito da  consistência dele.

Enfim… Recomendo muito a todas, exceto se você sofre com raiz oleosa porque qualquer um deles vai piorar bastante a situação. De qualquer forma, se o seu cabelo é tipo 4, principalmente B e/ou C, ele vai amar!

resenha-mascara-restauradora-tarja-preta-lola-1

Será que o cabelo natural precisa de uma máscara reconstrutora? A minha experiência diz que sim e é por isso que comprei a máscara reconstrutora Tarja Preta da Lola.

O que o fabricante promete:

Com alta concentração de queratina vegetal, promove reparação profunda recuperando a vitalidade dos fios. Repara, fortalece e devolve a elasticidade dos cabelos. Fios mais resistentes, saudáveis e maleáveis.

A linda embalagem vem com 230g de máscara e custou R$ 39,50 – valor bem acima da média das máscaras da Lola, mas como estamos falando de um produto restaurador, usado normalmente quinzenalmente, dá pra relevar. Além disso, a composição ajuda a justificar o valor, já que a queratina vegetal é mais cara do que a de origem animal.

O cheiro do produto é uma delícia; é algo como frutal adocicado e a consistência é grossa, mas cai do pote. É liberada para Low/No poo e livre de parabenos.

resenha-mascara-restauradora-tarja-preta-lola-2

Tive uma surpresa boa, assim que apliquei no cabelo: a máscara conseguiu proporcionar uma emoliência (desmaio dos fios) muito bacana e foi absorvida rapidamente.

Como o meu cabelo não passa por processos químicos e quase nenhum mecânico, além do secador (esporadicamente); achei que ela enrijeceria os fios. Mas, para minha alegria, o que eu senti de cara foi uma cabelo bem mais encorpado, devido a reposição de massa. O cabelo parecia, ao toque, bem mais forte e com a vitalidade recuperada – até a definição dos cachos melhorou!

Amei, amei e amei! Acho desnecessário, para o meu cabelo, fazer uma reconstrução semanal; por isso vou usá-la somente quinzenalmente, já que o uso descabido pode tornar os fios quebradiços – tudo que a gente não quer.

Essa já é a minha máscara da Lola preferida, pelo efeito instantâneo que ela mostrou ter. Absolutamente tudo que é prometido, eu vi ser cumprido.

resenha-shampoo-e-condicionador-todecacho-pra-arrasar-2Quem resiste a um novo lançamento? Nenhuma mulher minimamente vaidosa, muito menos uma blogueira.

A Salon Line acabou de lançar o Shampoo e Condicionador Tratamento Pra Arrasar, da linha #todecacho, e eles já passaram pela prova de fogo comandada por mim rsrsrs.

Depois da decepção que foi a minha experiência com a Gelatina #todecaho, eu realmente fiquei com medo de acontecer a mesma coisa com esses dois produtinhos. Mas fui na cara e na coragem e comprei mesmo assim.

Vamos começar pelo shampoo. A embalagem é bem fofa e comporta 200ml. O que não é muita coisa, né? Apesar disso, achei o preço razoável (R$ 11,90) se comparado a outros shampoos liberados para Low poo do mercado. Por falar em Low Poo, ele é liberado! Não contém parabenos, silicones e nem óleo mineral. Além disso, possui cocamidopropyl betaine na composição, o que é ótimo.

Essa é a promessa do fabricante:

“O Shampoo Tratamento Pra Arrasar nasceu para acabar com o temor das espumas! União mais que perfeita de espuma e hidratação que você sempre sonhou! Seu cabelo limpo e livre de ressecamento! Contém óleo de coco extra virgem, manteiga de oliva e D-pantenol.”

A consistência do shampoo lembra um gel, inclusive ele tem o mesmo cheiro da Gelatina Salon Line #todecaho. Ele é super cremosinho e é completamente incolor, como vocês podem ver na foto a seguir.

Resenha: Shampoo e Condicionador Tratamento Pra Arrasar #todecacho

A promessa de “cachos ressecados jamais” é cumprida! O shampoo faz uma limpeza extremamente suave, com espuma cremosa. Depois do enxágue, eu chego a ficar com a impressão que o cabelo ainda está sujo, o que tem me feito repetir a aplicação. O resultado é um cabelo com a hidratação completamente preservada, mas eu confesso que senti falta de uma sensação de limpeza maior do couro cabeludo (aquele frescor, sabe?).

O condicionador, assim como o shampoo, contém óleo de coco extra virgem, manteiga de oliva e D-pantenol. Além disso, não contém parabenos, silicones e óleo mineral, sendo liberado para No poo. Ele tem o mesmo cheiro dos cremes de pentear da linha #todecacho, mas a consistência é super leve.

Ah, ele custou R$ 12,90.

Veja também – Resenha: Creme Para Pentear Crespíssimo Poderoso 4ABC Salon Line Tô De Cacho

A promessa do fabricante é um efeito de filminho protetor, emoliência poderosa e desmaio dos fios sem efeito pesado.

Esse efeito filminho protetor realmente existe. O cabelo fica alinhado e suavemente hidratado, mas, para mim, a promessa de desmaio dos fios não foi cumprida. Achei que ele fosse derreter meu cabelo, mas não foi bem isso que aconteceu. Quando apliquei, ele foi absorvido rapidamente pelos fios e parecia que eu tinha acabado de passar o Yasmasterol. De fato, ele não pesa nos fios, mas poderia ser mais hidratante do que é. Nem parece que tem óleo e manteiga na composição…

Resumindo, acho que ele será ótimo para as onduladas que tem problema com oleosidade e também para fazer co wash, apesar de não conter cocamidopropyl betaine na composição.

Já testaram esses? Qual é a opinião de vocês?