No Poo, Low Poo, Co-Wash e Produtos Liberados: Tudo que você precisa saber!

Tempo de leitura: 8 minutos

Muita gente tem dúvidas sobre No Poo, Low Poo, Co-Wash e Produtos Liberados. Se você é uma dessas pessoas, fique tranquila! Hoje você vai aprender tudo o que precisa saber!

Devido à curvatura, o cabelo crespo e cacheado tende a ser um pouco mais seco e ressecado. O couro cabeludo de cabelos cacheados, por outro lado, pode ficar muito oleoso, mas, esta oleosidade dificilmente chega as pontas (o que causa o ressecamento) devido as curvas que o cabelo faz.

O sucesso ao cuidar de um cabelo crespo e cacheado se resumem em saber gerenciar essas duas demandas simultaneamente.

Depois de entender a relação entre o couro cabeludo e o cabelo, existem certas regras que fazem sentido e que te ajudarão diretamente neste processo:

  • O cabelo cacheado tem um grande mandamento: não escovarás/pentearás o cabelo quando estiver seco!

Isso destrói seu padrão de cachos, quebrando os fios de cabelo que estão formando cachos.

Além disso, a escova pode arrancar seu cabelo pela raiz ou quebrá-lo em pontas duplas ou provavelmente as duas coisas.

  • Sempre desembaraçar o cabelo molhado, de preferência com condicionador, para que ele tenha mais emoliência.

Isto, pelos mesmos motivos do 1º item!

Os cabelos de curvatura tipo 3 e 4 (se você não sabe do que estou falando, CLIQUE AQUI!) são mais secos. Por isto, você deve hidratar seu cabelo com mais frequência, além de usar muito óleos vegetais para nutrir o cabelo.

Tudo isto irá contribuir para que seu cabelo cresça rápido, com muito brilho e definição.

Como Lavar Cabelo Cacheado e Crespo usando No Poo, Low Poo, Co-Wash e Produtos Liberados?

No Poo, Lo Poo, Co-Wash e Produtos Liberados
No Poo, Lo Poo, Co-Wash e Produtos Liberados

Como eu disse anteriormente, o cabelo cacheado exige cuidados especiais. E isto não exime a lavagem.

Não vou dizer quanto tempo você deve ficar sem lavar os cabelos, isto é muito pessoal. Eu mesma, dificilmente fico mais de 1 ou 2 dias sem lavar o cabelo. Qualquer suor ou qualquer produto que eu passe já irrita o meu couro cabeludo e eu não tenho paz enquanto não lavo.

Entretanto, há pessoas que passam tranquilamente 3-4 dias sem lavar e sem sofrer com oleosidade. Ou seja, a frequência de lavagem varia muito de pessoa para pessoa.

Porém, há alguns cuidados que você pode agregar na sua rotina de lavagem que mudaram totalmente a sua saúde capilar. E é exatamente ela que irei te falar agora!

No Poo e Low Poo

Se você está tentando aprender mais sobre como cuidar de cabelos encaracolados, provavelmente já ouviu falar sobre No Poo, Low Poo, Co-Wash e Produtos Liberados. Mas, o que eles são?

Na integra No Poo e Low Poo significam:

No Poo = Sem xampu

Low Poo = Pouco xampu

Os xampus tradicionais, por conta da sua composição, acabam sendo muito agressivos para os cabelos, principalmente os cacheados e crespos devido a tendência natural ao ressecamento.

Por isto esta técnica se torna tão útil.

Se trata basicamente em você usar pouquíssimo xampu, e xampu liberado, nas lavagens. No caso de Low Poo!

Ou usar a técnica de CO-WASH, no caso de No Pow.

Mas, o que é Xampu ou Produto Liberado?

Xampu ou produtos liberados são aqueles que não possuem os seguintes elementos em sua composição:

Sulfatos

Os sulfatos também são conhecidos como detergentes, pois, são muito potentes. Ele é responsável por abrir a cutícula do cabelo para eliminar a sujeira.

Porém, também retira a hidratação e os óleos naturais do cabelo, deixando-os ressecados.

Exemplos mais comuns de se aparecer nos rótulos das embalagens:

  • Sodium Laureth Sulfate
  • Sodium Trideceth Sulfate
  • Ammonium Lauryl Sulfate
  • Ammonium Laureth Sulfate
  • Sodium C14-16 Olefin Sulfonate
  • Sodium Tridecyl TRI (oxyethyl)
  • Ammonium Lauryl Ether Sulfate
  • TEA Lauryl Sulfate
  • TEA-dodecylbenzenesufonate
  • Sodium Alkybenzene Sulfonate
  • Ammonium Xylenesulfonate
  • Sodium Xylenesulfonate
  • Sodium Trideceth Sulfate
  • Tridecyl polyoxyethylene sodium sulfate
  • Sodium Tridecyl Sulfate ETHER Ethanol
  • Lauryl sulfate
  • Ammonium laureth
  • Sodium Sulfate Coconut
  • TEA dodecylbenzenesulfonate
  • Sodium Myreth Sulfate
  • Sodium Lauryl Sulfate
  • Alkylbenzene Sulphonate
  • Ammonium Xylenesulfonate
  • Sodium Sylenesulfonate

Silicones

Os silicones são ingredientes que atuam formando uma “capa” por fora do fio. Esta capara funcionará como uma espécie de barreira que impedirá que os fios recebam hidratação, dando apenas a sensação de que o cabelo está mais hidratado e brilhante.

Ou seja, funciona como uma maquiagem. Aparenta um cabelo bonito, mas por dentro ele não está recebendo tratamento algum.

O trabalho deles é revestir o cabelo para torná-lo brilhante. Parece bom até você perceber que, por serem sintéticos, só podem ser removidos com sulfatos: produtos de limpeza naturais simplesmente não conseguem tirar o plástico. Além disso, enquanto eles fazem seu cabelo parecer brilhante, o revestimento realmente impede que óleos e umidade saudáveis ​​cheguem ao seu eixo.

Exemplos mais comuns de se aparecer nos rótulos das embalagens:

  • Amodimethicone
  • Cetearyl methicone
  • Cetyl Dimethicone
  • Cyclomethicone
  • Cyclopentasiloxane
  • Dimethicone Crosspolymer
  • Vinyl Dimethicone
  • Vinyl Dimethicone Crosspolymer
  • Dimethicone
  • Methicone Silsesquioxane Crosspolymer
  • Crosspolymer Dimethiconol
  • Stearyl Dimethicone
  • Trimethylsilylamodimethicone
  • Simethicone
  • Polydimethylsiloxane
  • Methicone
  • Phenyl Trimethicone
  • Dimethylpolysiloxane
  • Bis-Aminopropyl Dimethicone
  • Dimethiconol
  • Behenoxy Dimethicone
  • Stearoxy Dimethicone
  • propoxytetramethyl piperidinyl dimethicone (PTMPD)

Petrolatos

Os Petrolatos se assemelham aos silicones. Logo, eles formando uma barreira por fora dos fios sem os tratar e impedindo também a hidratação do cabelo.

O uso de produtos com petrolatos pode levar à sua acumulação nos fios de uma forma prolongada. E isso pode deteriorar seu cabelo de forma que o problema seja até mesmo irreversível.

Exemplos mais comuns de se aparecer nos rótulos das embalagens:

  • Petrolatum/petrolato
  • Mineral Oil/óleo mineral
  • Parafinum Liquid/parafina líquida
  • Isoparaffin
  • C13-14 Isoparaffin
  • C12-20 Isoparaffin
  • Vaselina/vaselin
  • Isododecane/Isododecene
  • Alkane/Alcano
  • Dodecane/Dodecano
  • Dodecene/Dodeceno

Parabenos

Os parabenos são conservantes muito usados em cosmética, porque evitam a proliferação de micro-organismos, garantindo que os produtos durem mais tempo.

Embora haja muitas pessoas que excluem os parabenos do método Low Poo, eles podem ser usados porque além de não haver estudos suficientes que comprovem os seus efeitos nocivos, eles são também facilmente eliminados.

Exemplos mais comuns de se aparecer nos rótulos das embalagens:

  • Metilparabeno
  • Propilparabeno
  • Butilparabeno
  • Isobutilparabeno

Estes elementos são responsáveis por agredir e ressecar o nosso cabelo. Normalmente vem escrito na embalagem, Produto Liberado. Mas, se você olhar a composição você também consegue identificar.

Ou seja, se você não usar xampu com estes elementos, seu cabelo sofrerá menos ressecamento e, consequentemente, será mais saudável.

Encontre agora mesmo os melhores produtos liberados AQUI e mude seu cabelo de uma vez por todas!

E o que é co-wash?

No Poo, Lo Poo, Co-Wash e Produtos Liberados

Co-wash é a técnica de lavar/higienizar o cabelo sem o uso do xampu, fazendo-se a limpeza normalmente com condicionadores liberados.

No início, o cabelo pode parecer estranho após o co-wash. Seu cabelo pode ficar oleoso e coçar um pouco, mas é apenas uma fase de adaptação.

Ao contrário da lavagem com xampus tradicionais (com sulfatos e derivados de petróleo) o co-wash trata enquanto lava os cabelos ao invés de apenas mascarar o estado real do cabelo.

Outro motivo das pessoas acharem que as técnica no e low poo não funcionam muito bem é porque ele vai mostrar o estado real do seu cabelo, que muitas vezes esta danificado por conta dos elementos proibidos.

Mas, com o tempo e com os tratamentos que você fizer seu cabelo irá se recuperar totalmente.

Caso você não queira ser tão radical, você pode intercalar o co-wash com lavagens com xampus liberados. Porém a sua técnica não será mais no poo, mas sim low poo. Pois, o no poo se limita apenas por lavagens no estilo co-wash.

Encontre agora mesmo os melhores produtos para co-wash AQUI e mude seu cabelo de uma vez por todas!

Utilizando estas técnicas os seus se tornaram mais saudáveis e mais bonitos.

Cuidado na Lavagem

Caso for usar xampus, sejam eles liberados ou não, você DEVE usar condicionador, seja após a lavagem ou após a hidratação (caso você for hidratar). Pois, os xampus abrem as cutículas e se você não fechá-las (com os condicionadores) seu cabelo perderá água e ficará ressecado mais facilmente.

assim, o uso do condicionado se torna imprescindível! ele irá selar sua culticula capilar e irá manter a hidratação do fio.

Minha experiencia com No Poo, Low Poo, Co-Wash e Produtos Liberados

A principio eu estranhei um pouco. Mas, como eu disse acima, eu estava passado pela fase de adaptação.

Foi a partir do uso destas técnicas que eu pude ver o real estado do meu cabelo, que estava mais seco do que nunca.

Após algum tempo de uso das técnicas, combinadas a um cronograma capilar o resultado é maravilhoso!

Sendo assim, uu te convido a testar! Tenho certeza que seu cabelo se tornará muito mais saudável quando você começar a fazer uso das técnicas de No Poo, Low Poo, Co-Wash e Produtos Liberados!

Mas, e você? Como você cuida do seu cabelo?

Me conta aqui nos comentários… Quero muito saber! Até a próxima!!!

Mas, antes de sair não se esqueça tem conteúdo novo toda semana! E se você quer se inspirar e receber muitas dicas me siga no Instagram e acompanhe tudo por lá!

Beijos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *