Minha transição com tranças sintéticas – Dicas e cuidados

Hoje, eu apoio fazer o big chop o mais rápido possível depois da decisão de assumir o cabelo natural, mas nem sempre foi assim.

  • Transição com tranças embutidas/rasteiras

A minha primeira transição durou quase um ano. Não sei como, mas consegui passar pelo processo sem fazer chapinha ou usar tranças sintéticas. Meu cabelo vivia com duas tranças embutidas na frente e preso em um coque baixo. Até que em maio de 2013 eu cortei.

Nada supera o big chop

Durante a transição você pode usar tranças, mega hair, manter o cabelo escovado…

Mas, depois das minhas experiências, percebi que a melhor transição é a não-transição, ou seja, cortar o cabelo imediatamente após a decisão de ser natural. Eu sei que isso é difícil, mas compensa muito.

Mesmo sem usar química, a chapinha vai estragar e modificar a estrutura do fio. A minha experiência com tranças embutidas/rasteiras não foi boa. Eu fazia (todos os dias), apenas, em menos da metade do meu cabelo (como na foto seguir), e depois que eu fiz o big chop, percebi que os cachos eram muito menos definidos aonde antes ficavam as tranças.

transicao-trancas-sinteticas-box-braids-6

Em minha segunda transição, com as tranças sintéticas, esse problema não aconteceu.

  • Transição com tranças sintéticas/box braids

Quase um ano depois do big chop eu usei química novamente, a intenção não era alisar e sim diminuir o fator encolhimento (me incomodava bastante), mas acabou alisando completamente (uma longa história). Foi aí que eu resolvi colocar tranças sintéticas para passar, mais uma vez, pela transição em fevereiro de 2014.

Pontos positivos das tranças sintéticas: L-I-B-E-R-D-A-D-E!

  • Acordar pronta: Eu acho que essa é a melhor parte. Não precisar pentear o cabelo foi viver um sonho.
  • Não se preocupar com a aparência do cabelo: Com as tranças eu estava sempre pronta para sair e não precisava me preocupar com nada.

transicao-trancas-sinteticas-box-braids-3

Foram 7 meses com tranças e química novamente (mais uma longa história). Depois, 4 meses em transição sem tranças e mais 3 meses com tranças até que, finalmente, fiz o segundo big chop em abril de 2015. Ufaaaa!

Pontos negativos das tranças sintéticas:

  • Peso: dependendo do tipo da fibra sintética que você usar e da quantidade de cabelo que você tiver, isso pode incomodar bastante. Dizem que a jumbo é bem mais leve do que a kanekalon. Eu não tenho certeza da qual eu usava, mas eu acho que era kanekalon. Na primeira vez que eu coloquei, as tranças estavam mais grossas e o peso não me incomodava, mas na segunda vez eu pedi para que fossem mais finas e longas, com isso o peso multiplicou.
  • Colocar/Manutenção: colocar dói e ter que colocar novamente dói mais uma vez (a cabeça e o bolso).
  • Dor: A dor vai depender do profissional, mas as duas trancistas com quem eu coloquei apertavam bastante para que a tranças não ficassem frouxas. Eu passava uns 3 dias tomando remédio para a dor de cabeça (que era insuportável).
  • Coceira: Minha cabeça coçava bastante e parecia que o meu cabelo ficava sujo mais rápido. No início, eu tinha que usar um tônico anti caspa para amenizar, mas depois que eu passei a diluir o shampoo para lavar o cabelo, isso melhorou muito. Seu eu colocasse as tranças novamente, não usaria shampoo e sim vinagre de maça ou aguá de aveia para lavar porque resseca menos o cabelo.
  • Frizz: Sim, mas isso depende do seu cuidado. O ideal é dormir com uma touca de cetim, mas nem sempre eu tinha paciência para colocar porque era muito cabelo e me incomodava para dormir.
  • Secagem: demora muito para secar e o cabelo pesa bastante enquanto molhado. Quando eu lavava, eu sempre tentava sair de casa para que secasse mais rápido ao ar livre.

Colocaria novamente? SIM, COM CERTEZA ABSOLUTA.

Eu amava (me sentia bem) e ainda sinto saudades. Acredito que vou colocar novamente porque a sensação de liberdade é maravilhosa (principalmente se você não gostar de pentear o cabelo).

Em relação aos pontos negativos, todos podem ser amenizados e até evitados.

Conselho:

  • Faça manutenção no mínimo uma vez ao mêsEu não fiz, e isso deixou o meu cabelo muito ressecado porque eu não hidratava nunca, apenas usava shampoo. Para manter o seu cabelo saudável, mesmo com as tranças sintéticas, é importante que você cuide dele, caso contrário você terá um cabelo virgem, ao final da transição, mas destruído. Use o bepantol líquido para hidratar e dilua sempre o shampoo quando for lavar (apenas a raiz).

Vergonha de usar o cabelo natural e usar as tranças sintéticas para escondê-lo:

Uma coisa é você usar as tranças para passar pela transição, outra coisa é você usar as tranças por ter vergonha do seu cabelo natural. O ideal é que você tente enfrentar esse problema de autoestima ao invés de esconder o seu cabelo atrás do armário.

Acredito que a melhor maneira de resolver esse problema é descobrindo a causa da vergonha.

Você já usou tranças sintéticas ou tem vontade de usar?

Compartilhe